Sacerdote de Santeria

Daniel Baltazar Cipriano - sacerdote, blogger 




Daniel - Sacerdote da Igreja Interconfessional Daniel Baltazar Cipriano é sacerdote da religião de santeria desde 2005, exercendo e professando as suas praticas religiosas e espirituais há mais de 1 década!. 

A Santeria ,(tal como a religião de Vodu da Luisiana – nos Estados Unidos – ou do Vodu do Haitiano, ( tendências religiosas crioulas bem presentes junto do Brasil, e até mesmo na Guiana Francesa), é uma religião que professa o culto aos santos, assim como professa a crença nos espíritos e no mundo dos espíritos, a crença nas aparições e nas assombrações, a crença em anjos e demónios, a crença em seres espirituais, a crença no mundo sobrenatural,
a crença em possessões e infestações de espíritos, a crença em fantasmas e nos fenómenos paranormais,
assim como a crença no mundo dos mortos, ou seja: na vida após a morte ou no mundo do Álem, ou o mundo dos espíritos desencarnados. Costuma-se dizer na religião da Santeria:

«Na religião da Santeria somos 100% Cristãos, e porem somos também 110% santeiros e vodu!» 

Assim sendo: 
A um sacerdote cristão chama-se de padre, a um sacerdote evangélico chama-se de pastor, a um sacerdote hebraico chama-se de Rabino, a um sacerdote de Umbanda, (Umbanda é uma palavra que provem de Quimbunda de Angola), chama-se Pai de Santo, e a um sacerdote de Santeria chama-se de Santeiro ou Santeira.
Então: Em Santeria somos sacerdotes desta nossa religião, e nela cremos em Cristo, e professamos a nossa devoção aos santos, e por isso – porque Cristo era um santo, o santo acima de todos os santos – então cremos que todos os santos são espíritos ancestrais que persistem em espírito vivendo no mundo dos espíritos. Por isso: 
cremos nas invocações dos espíritos!, e cremos nos espíritos!, e cremos nas assombrações e aparições, e professamos que os espíritos descem neste mundo conforme forem adequadamente invocados, para – se forem bem lidados – em espírito destinar e decretar conforme aquilo que lhes for conjurado!
Conforme diz a lei de Liberdade religiosa, (Lei n.º 16/2001, de 22 de Junho ), sacerdote de uma congregação religiosa é todo aquele que uma comunidade religiosa assim o considerar como tal, e Daniel Baltazar Cipriano foi um dos membros fundadores da congregação religiosa ou casa de oração denominada Altar de são Cipriano, sendo pelos membros dessa comunidade assim considerado como sacerdote dessa congregação religiosa e praticante da religião da Santeria. 

A religião da Santeria é uma religião reconhecida em muitos países como nos EUA – tal como é o Vodu, a Umbanda, a Quimbanda e o Candomblé –  e de origem afro-brasileira e hispânica.



Daniel Baltazar Cipriano é também blogger, escrevendo intensamente em diversos blogs sobre temas de religião, espiritismo, espiritualidade, misticismo e esoterismo!, assim ajudando a divulgar, clarificar, e desmistificar sobre as praticas espirituais e religiosas da Santeria!, assim como ajudando – através dos seus blogs – a dar uma modesta orientação, conhecimentos e  iluminação a quem procura saberes e conhecimento sobre os temas da religião santeira, da magia, do espiritismo, e da astrologia babilónica.


Daniel Baltazar Cipriano é um dos fundadores, e pertence ao verdadeiro e original ALTAR DE SÃO CIPRIANO, uma associação religiosa, ( informal e sem personalidade jurídica),constituída conforme o Art 46º da CRP, assim como conforme a Lei de liberdade religiosa, (ao abrigo do disposto no "f" do art 8º da Lei n.º 16/2001, de 22 de Junho) , sendo essa uma associação de natureza religiosa constituída conforme princípios religiosos e doutrinários de «Manifesto Doutrinário»,,( legalmente reconhecido e registado em Oficio nº 5244-MC ; averb. Reg. Nº 5847), que tem por objectivo a divulgação da religião da SANTERIA, sim como a promoção das praticas espirituais dessa mesma religião, nomeadamente: o espiritismo, a astrologia, o ocultismo e o esoterismo, enquanto formas de auxilio espiritual e de abertura de caminhos de esperança na vida daqueles que se revendo na fé da religião da Santeria, então procuram no mundo do espírito uma orientação religiosa e uma resposta mística para os seus dilemas.


A Umbanda é uma religião juridicamente reconhecida no Brasil, conforme art.º 5º da CRFB, assim como paragrafo 1º do art.º 215 da Constituição Federal, e também Lei nº 12.644 de 16 de Maio 2012.


A SANTERIA - ou culto aos santos - é uma religião juridicamente reconhecida nos Estados Unidos conforme jurisprudência do Supremo Tribunal no caso Church of Lukumi Babalu Aye, Inc. v. City of Hialeah, de 1993

video
Em Portugal DANIEL BALTAZAR CIPRIANO professa e exerce – como sacerdote – a religião da SANTERIA - ou o nosso culto religioso aos santos, a Deus e ás divindades, fazendo-o conforme a Lei nº 16/2001 de 22 Junho sobre "liberdade religiosa".


Daniel Baltazar Cipriano assume esse seu nome sacerdotal não enquanto o seu nome de baptismo, mas sim enquanto um nome sacerdotal e espiritual que representa não apenas as entidades espirituais que o guiam na sua missão espiritual, assim como expressando a natureza da sua missão espiritual!


É comum sacerdotes ou praticantes de certos ramos religiosos, assumam nomes relacionados com entidades espirituais nas quais a pessoa crê!, ou que a pessoa acredita estarem guiando o seu caminho neste mundo. Por isso mesmo os papas assumem nomes que não são os seus!, e nisso não há motivo de escândalo!, pois todo o mundo sabe que na verdade o papa João Paulo II não se chama João Paulo II mas sim Karol Józef Wojtyła, e todo o mundo sabe que o papa Bento XVI não se chama Bento XVI mas sim Joseph Aloisius Ratzinger, e todo o mundo sabe que o Papa Francisco não se chama Francisco, mas sim  Jorge Mario Bergoglio.
Então:
essa tradição espiritual remonta á milhares de anos!, e pode ser testemunhada no antigo testamento, quando se professa que Deus ao destinar Abraão para a sua missão espiritual lhe mudou o nome de Abrão para Abraão!, e o nome de sua esposa Sarai para Sara!, ( Gên. 17-5 ), assim como Deus fez o mesmo com Jacob quando lhe mudou o nome de Jacob para Israel,(Gên. 32-28).
Da mesma forma:
O profeta Daniel trabalhou na corte do rei  Nabucodonosor, onde se fazia chamar pelo nome pagão de Baltazar (Daniel IV)
Mais:
Jesus ao decretar as missões espirituais dos seus apóstolos Pedro e Paulo, mudou-lhes os nomes de Simão para Pedro, (Mat.4-18), e de Saulo para Paulo, ( Atos 3-9) !!!!

Então:
é uma ancestral crença espiritual que professa que:
aquele que assume uma missão espiritual, pode tender a adoptar um nome representativo da missão espiritual e da entidade espiritual que guia essa pessoa!, e isso é uma pratica espiritual milenar.

Por isso mesmo:

Daniel Baltazar Cipriano assume esse seu nome não enquanto o seu nome de baptismo, mas sim enquanto um nome espiritual que representa não apenas as entidades espirituais que o guiam na sua missão espiritual, assim como expressando a natureza da sua missão espiritual!, pois que Daniel é o profeta de Deus que porem trabalhou como mago na corte do rei da Babilónia chamando-se de Baltazar!, e Cipriano foi um santo de Deus que porem também foi o maior mago da historia!, e isso define como os homens que trilham nos caminhos do espírito por vezes caminham por caminhos misteriosos!, pois que os caminhos de Deus são sempre misteriosos!, e ao homem não cabe ficar perdendo tempo a questionar aos caminhos de Deus!, mas sim cabe neles trilhar!, e por eles cumprir com a missão que o espírito lhes incumbiu!


Daniel Baltazar Cipriano está aí com os seus blogs dando a sua cara!, e há mais de 1 década exercendo o seu oficio espiritual de sacerdote da religião de Santeria!, e trabalhando como blogger de blogs espiritualistas!, e sendo um dos fundadores de um movimento religioso de Santeria!, e como espiritualista!